Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
Stepan Necessian

Entrevista publicada em julho de 2008 na Zona Norte.

Entrevista com Stepan Nercessian Para o ator melhor personagem é aquele que virá. Ele ainda conta como é ser diretor do Retiro dos Artistas Ator, vereador, botafoguense e diretor do Retiro dos Artistas, Stepan Nercessian conta um pouco da sua história de sucesso num bate papo super descontraído e diz que para ele, os idosos do Retiro são como uma família e aproveita para convidar a todos para a tradicional festa Junina.

Correio Carioca: Quando você começou na carreira de ator?
Stepan Necessian - Comecei com 14 anos de idade com o filme chamado Marcelo Zona Sul. Eu morava em Goiás e vim para o Rio. Fiz um teste e passei. Na época, eu trabalhava num jornal e nunca tinha sonhado com a carreira de ator apenas sabia que queria trabalhar com alguma coisa relacionada à sociedade.

Atualmente você está fazendo alguma novela ou já tem alguma em mente?
Novela eu não estou fazendo, apenas estou trabalhando na Zorra Total porque a Legislação Eleitoral proíbe o candidato a se apresentar a partir de julho e como você fica quatro meses afastado, a televisão não te escala para depois não ter que sair na metade. Como a Zorra Total é um programa semanal, o pessoal achou que dava pra ficar até a data e depois eu saía. Fiquei com muita pena de não poder fazer o que eu mais gosto que é o seriado semanal "Faça sua história", mas estou gostando do Vladimir Brichta no papel principal.

Qual foi o personagem que mais te marcou?
Existem trabalhos que marcam como, por exemplo, o primeiro filme. Eu não tenho um personagem que tenha marcado porque quando o trabalho acaba já estou pensando no próximo, como o filme que fiz recentemente chamado "Chega de saudade". Eu gosto de estar dentro do filme e não de ser um personagem especificamente. Orfeu e Chica da Silva foram outros filmes que me marcaram muito. O personagem em si que eu mais gosto é o próximo.

Como é o Stepan botafoguense?
Eu sou um apaixonado. O Botafogo vai além de qualquer coisa. Teve até um momento em minha vida que se o Botafogo estava bem, eu estava bem, se estava mal, eu estava mal, mas é uma paixão mesmo, é quase uma segunda pele.

De que modo surgiu a chance de ser diretor do Retiro dos Artistas?
A oportunidade veio numa época em que o Retiro estava passando por dificuldades e eu aceitei o cargo porque não quis deixar minha segunda família no abandono, já que a casa estava prestes a fechar.

Este ano terá a tradicional Festa Junina do Retiro dos Artistas?
Sim, a melhor festa do Rio de Janeiro vai acontecer nos dias 3, 4, 5 e 6 de julho e todos os nossos moradores estão esperando a presença de você e sua família para realizarmos uma belíssima festa. O telefone de contato da casa é 3327-4591, para quem desejar fazer alguma doação ou visitar nossos artistas que já contribuíram muito. O Retiro também possui um site para maiores informações www.casadosartistas.org.br



 
 
« veja outras entrevistas
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco