Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
Rosanah: Como Uma Deusa

Entrevista publicada em outubro de 2012

Cantora, intérprete do eterno sucesso, realiza alguns shows no Rio de Janeiro ainda este ano e conta detalhes de sua carreira

Correio Carioca- Quando você iniciou a sua carreira e quais foram suas influências (cantores e estilos)?
Rosanah Fienngo - Comecei a cantar aos 13 anos de idade, na época eu morava em São Paulo e quase todo fim de semana viajava pra fazer bailes no RJ com a banda do meu pai: “Casa Novas”. Gravei vários jingles para comerciais de TV. O Rock e o blues sempre estiveram presentes em meu trabalho. Eu tenho influências internacionais de cantoras como Tina Turner e Janis Joplin, no Brasil temos grandes vozes, sempre fui fã da Elis Regina.

Seu nome artístico é diferente de seu nome real. Por quê?
Meu nome verdadeiro é Rosana Fiengo, sempre assinei como Rosana, de uns anos pra cá, tive o mesmo sonho três vezes na mesma semana, sonhava com anjos escrevendo meu nome com “h” no final e passei a assinar “Rosanah Fienngo”, não foi nada de numerologia, o sonho foi tão forte, como se fosse um aviso, então resolvi seguir e me senti bem dessa forma.

O que a música “O Amor e o Poder” representa em sua vida?
Costumo dizer que O Amor e o Poder é um marco, uma música eterna, onde passo tenho que cantar, é sucesso até hoje. O público escolheu, essa música foi na época em que cantores tinham que cantar de verdade e me rendeu vários títulos, troféus e homenagens como melhor cantora popular brasileira. Só tenho que agradecer ao público, foram mais de 5 milhões de cópias vendidas, tocou no Brasil e Exterior. Foi um grande presente, representa muito pra mim.

Quais são os maiores sucessos de sua carreira?
Ih...  (risos), sucessos tenho vários, foram mais de 17 temas em novelas da Rede Globo, fora em outras emissoras: Nem um Toque - Roda de Fogo, O Amor e o Poder - Mandala, Direto no olhar - Salvador da Pátria, Onde o amor me leva - Sexo dos Anjos, Risco do Amor - Salomé, Se eu me apaixonar - Quatro por Quatro, Lovin' you - Tema internacional da novela Caras e Bocas, The Greatest Love Of All - Tema internacional da novela Ti Ti Ti.

Quais instrumentos você costuma tocar em suas apresentações?
Em minhas apresentações toco violão, guitarra e piano, tenho diferentes formatos de shows para serem adaptados de acordo com cada casa, desde sozinha no palco onde toco Guitarra e Piano, como o show acústico onde dois músicos me acompanham e o show com banda.

Em que cidades você se apresentou em 2012?
Fiz muitos shows pelo Brasil, no RJ fizemos uma temporada de um mês no Teatro Café Pequeno, fizemos o Teatro Rival com a participação especial da Isabella Taviani e outras casas, além de São Paulo, Aracajú, Recife, Fortaleza...

Qual é sua programação de shows na cidade do Rio de Janeiro até dezembro?
Até dezembro devo fazer aproximadamente umas 8 apresentações no máximo no Rio de Janeiro. Estou levando para o Brasil o show “Divah” com os sucessos de carreira,      com músicas nacionais, internacionais e grandes clássicos da MPB. Estive nos dias 22 e 29 de setembro no Cariocando, localizado no Catete, no dia 17 de outubro devido ao grande sucesso retorno ao palco do Teatro Rival Petrobrás. A agenda completa estará disponível nos sites na Internet: www.rosanahfienngo.com e www.rosananet.com.

Como deve proceder quem desejar entrar em contato profissional com você?
Podem entrar em contato diretamente com o meu Empresário e Produtor Luciano Lopes, através do meu site ou então pelo telefone: (21) 9771-0320.



 
 
« veja outras entrevistas
 
 
 
 
© Correio Carioca  -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco