Jornal Com Distribuição Mensal nas Zonas Norte (Tijuca - Vila Isabel - Grajaú - Andaraí) e Sul (Botafogo - Urca - Humaitá) do Rio de Janeiro
 
 home / página incial
 siga o correio carioca no twitter
 correio carioca no facebook
 
Orlando Drummond

Entrevista publicada em julho de 2006 na Zona Sul e em fevereiro de 2008 na Zona Norte.

Orlando Drummond Cardoso, mais conhecido em todo Brasil como Orlando Drummond, ou até mesmo por seus inúmeros personagens que alegram a população há décadas na televisão e no rádio abriu as portas de sua residência para receber a equipe do Correio Carioca para animada e descontraída conversa. Suas marcas registradas e inconfundíveis são o personagem Seu Peru, na Escolinha do Professor Raimundo, da Rede Globo de Televisão, além de sua voz. Afinal quem não conhece o som das falas de Scooby Doo, Popeye e Alf?! Casado há 65 anos, com 2 filhos, 5 netos e 1 bisneto, este humorista, nascido há 86 anos no Rio de Janeiro, esbanja simplicidade e simpatia. Confira!


Orlando Drummond


Correio Carioca - Quais atividades o senhor já exerceu na sua carreira artística?
Orlando Drummond - Já fui contra-regra na rádio, depois trabalhei como ator e dublador.

Como e quando o senhor começou a carreira artística?
Eu comecei como contra-regra na Rádio Tupi, em 1942. Depois, com a chegada da televisão, em São Paulo e aqui no Rio, passei a trabalhar como ator.

Quais foram seus personagens e programas marcantes na televisão?
Ah, foram muitos... mas cito o japonês Takancuca, e o quadro "Coral dos Bigodudos", na TV Tupi, O índio do quadro "Pezinho Pra Frente, Pezinho Pra trás", também na Tupi e depois na Rede Globo e o Seu Peru, também na Globo.

Com que figuras importantes o senhor contracenou na tv?
Paulo Gracindo, Paulo Porto, Hamilton Ferreira, Costinha, Grande Otelo e o universo de grandes atores da época da Tupi e também da Globo.

Como era a época da Escolinha do Professor Raimundo?
Ah... foi uma época ótima. Aquele programa era visto no Brasil todo e havia muitos atores excelentes ali. O Seu Peru era muito querido e nós, atores, reconhecidos em qualquer canto deste país. Lamento que a Escolinha tenha acabado.

Como o Seu Peru foi criado?
Seu tipo e trejeitos foram criações minhas. Engraçado que ele tive pouco tempo para desenvolvê-lo, mas acabou muito popular no país inteiro.


Orlando Drummond


Quais as dificuldades na dublagem de filmes e desenhos animados?
Nunca tive muita dificuldade para dublar. Eu fazia vozes agudas e criei personagens e tipos diferentes de vozes.

E quais foram esses personagens que marcaram na dublagem?
Orlando Drummond - Sargento Garcia, da série "Zorro", Popeye, Scooby Doo, Alf, Patolino, Tom, de "Tom e Jerry", Gordo, de "Gordo e Magro" e Gargamel, do desenho "Smurfs".

Qual o senhor mais gosta de dublar? E qual o mais fácil?
Com certeza o que mais gosto e mais marcou é o Scooby Dôo. Inclusive estou no Guiness Book por dublá-lo há 31 anos. O mais fácil é o que fala pouco (risos).

Em que programa de rádio o senhor trabalhou?
Rádio Seqüência G3, Uma Pulga na Camisola, Incrível, Fantástico e Extraordinário e novelas.

Quais são seus trabalhos atuais?
- Sou ator da Rede Globo e continuo dublando.

Deixe uma mensagem para o leitor do Correio Carioca.
Quero divulgar o meu passado para desfrutar com saúde meu futuro.


 
 
« veja outras entrevistas
 
 
 
 
© Correio Carioca   -   Expediente   -   Política de Privacidade   -   Anuncie   -  Fale Conosco